Tags

,

A atual conjuntura nos apresenta uma transformação técnico-científica intensa se antagonizando a fenômenos de desequlíbrio ecológico, que no seu liliar ameaçam a permanência da vida na superfície da Terra. Para muitos ambientalistas se o rítimo frenético de depredação da natureza não for barrado o futuro é sombrio. Os mais otimistas dizem que há tempo de se mudar o cenário (Quanto???). paralelamente o modo de vida cotidiano individual e coletivos “evoluem no sentido de uma progressiva deterioração(…)”, diz Felix Gattari em “As três ecologias“(1997).  Mas o referido autor constata: “Toda uma dinamização da retomada de confiança da humanidade em si mesma está para ser forjada aos poucos. O ideal é dificultar o pessimismo e a passividade que nos envolvem.” Guattari nos alerta para uma realidade em expansão a partir de uma necessidade: a de haver a organização e fortalecimento da sociedade civil. Logo a importância de se criar uma ONG. Para tanto pensamos em um “passo-apasso”, mas cada um faz seu próprio caminho a seu modo de caminhar. Então talvez isto seja algo como “dicas”, “macetes”, “pistas” para esta jornada onde…

“Mais que viver, o que importa
é trabalhar na mudança
(antes que a vida apodreça)
do que é preciso mudar.
Cada um na sua vez,
cada qual no seu lugar.” (Thiago de Mello)

São estas:

  • Reunir um grupo mínimo de 15 a 25 pessoas com interreses em comum (não esqueça que “amigos são amigos, negócios à parte“). Busquem formar uma equipe com habilidade para criação e desenvolvimento de projetos e captação de recursos;
    •  Importante: criar continuamente projetos. Não aguardem o término de um projeto para, somente então, pensar em construir um novo projeto. Tenha sempre um (ou melhor, vários!) projetos à mão. Não espere o tempo das vacas magras e pastos secos. O Objetivo e produzir e Desenvolver.
  • Discutir e debater para se forjar um perfil do grupo, quais seus objetivos e razão de existir. Desenvolver um Objetivo e uma Missão;
  • É essencial a disponibilidade, a disposição, o desejo e comprometimento dos membros deste grupo para com os objetivos e a missão assumidos pelo grupo;
  • Há uma variedade considerável de sites (como o  http://www.google.com.br/) que disponibilizam modelos de Estatutos e Atas de Fundação. Pesquise, informe-se, dialogue;
  • Na linha organizacional , o que chamamos de 3P’s – Persistência, Perseverança e Paciência;
  • E não menos importânte: promover a Tranparência e fidedignidade em todos os processos.
  • Desenvolva e promovam parcerias.

Abaixo segue uma lista de alguns que possam ser interessantes:

http://www.abong.org.br/

http://www.ecologiaonline.com/modelos-de-estatuto-e-ata-para-fundacao-de-ongs/

http://www.sebrae-sc.com.br/credito/default.asp?vcdtexto=1277&%5E%5E

http://www.apascs.org.br/faq2.php

http://www.scribd.com/doc/4624028/Estatuto-Modelo-para-OSCIP

http://www.iteia.org.br/passos-para-organizar-uma-ong-organizacao-nao-governamental

Mãos à Obra!

E Boa SORTE!!

Anúncios